Com o objetivo de despertar na sociedade, através das crianças, a necessidade do descarte correto de lixo em locais apropriados e destacar a importância da manutenção dos recursos hídricos, foi lançado o projeto de educação socioambiental “Barco Escola – Expedição pelo Igarapé”.

A iniciativa foi lançada nessa terça-feira, dia 22 de março, data em que é comemorado o Dia Mundial da Água. O projeto é desenvolvido pelo Barra Sul Turismo Naútico – Barco Pirata.

O Projeto

As cidades de Camboriú e Balneário Camboriú possuem centenas de locais de descarte irregular de lixo e entulho ao longo das margens do rio Camboriú. São móveis velhos, eletrodomésticos, colchões, pedaços de metal, madeira e entulhos dos mais diversos largados no rio todos os dias.
 
O Barco Pirata (Barra Sul Turismo Náutico Ltda), junto com entidades de classe e poder público, já desenvolveu algumas ações pontuais de limpeza do rio. Na última, foram retirados cerca de 50 metros cúbicos de lixo das margens, em cerca de apenas quatro horas.

“Sabemos que ações pontuais são importantes, mas não irão resolver o problema. Precisamos encarar esse desafio de maneira mais profunda, apostando no futuro, despertando nas crianças a necessidade de cuidarmos do meio ambiente”, afirma o sócio do Barco Pirata, Domingos Casemiro Pinheiros.

O Projeto Barco Escola pretende revitalizar as margens deste rio que é o único recurso hídrico das duas cidades. O plano conta com a aquisição de uma embarcação específica e toda a experiência e conhecimento dos marinheiros, equipe do Barco Pirata e biólogos, para realizar um trabalho de conscientização nas crianças de escolas públicas e particulares da região.

Roteiro

O roteiro será a bordo do barco El Bucanero, que foi adaptado para receber com segurança alunos e professores, para navegar ao longo do rio Camboriú, com equipe de marinheiros e engenheira ambiental explicando sobre a importância do rio, sua conservação, descarte correto do lixo e outras informações. O passeio encerra no Parque Raimundo Malta.

Escolas interessadas em participar da expedição, devem entrar em contato pelo fone (47) 3404-7600 ou barcoescola@barcopirata.com.br, com Caroline da Luz.

Comentários