Um espetáculo sem pé, com cabeça e muitos olhos – talvez essa seja a melhor forma de explicar “A Peça de Teatro Mais Insana do Mundo”. A estreia do trabalho, que é resultado de 14 meses de pesquisa e montagem, será apresentada de forma on-line no dia 23 de outubro, às 21h39min16s, através do link de transmissão disponível no site: https://a-peca-de-teatro-mais-insana-do-mundo.webflow.io/.

“O objetivo da peça é justamente alimentar o imaginário do público através do mistério, já que gera dúvidas sobre o que há de tão especial nesse trabalho para se afirmar que é a peça de teatro mais insana do mundo. Quem quiser saber o porquê, deve assistir e tirar suas próprias conclusões”, convida o artista Gabriel Engster, diretor do espetáculo e integrante do coletivo de arte Núcleo Corpóreo.

Além da estreia da peça, também será realizada uma segunda apresentação, duas oficinas de teatro denominadas como “Oficinas Insanas para pessoas [quase] normais” e o lançamento de um e-book com os detalhes da pesquisa e montagem do espetáculo.

Toda a programação é gratuita e está disponível no site (https://a-peca-de-teatro-mais-insana-do-mundo.webflow.io/, com classificação indicativa de +16 anos.

O projeto tem patrocínio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú através da Lei de Incentivo à Cultura do município.

Comentários