É comum vermos por ai, principalmente nas redes sociais, pessoas pedindo dicas em situações que desconfiam que seu pet não está muito legal. Mas isso é uma boa saída? Com certeza não! 

Nesses casos, sempre tem as pessoas que comentam dando dicas e palpites, na grande maioria das vezes com a intenção de ajudar, mas com essa atitude, podem estar prejudicando e muito a saúde do animal.  

“Ah, mas quando meu animal ficou doente ele sentia exatamente isso e esse remedinho funcionou. No seu pet também vai resolver! ” 

Esse é um exemplo de comentários que vemos nessas situações. Mas vale lembrar: cada animal tem a sua particularidade, exatamente como nós humanos. O que foi bom para um pode não ser para outro. Existem doenças que apresentam sintomas parecidos, porém o tratamento é totalmente oposto, da mesma forma que existe a dosagem certa para cada animal, as diferenças entre as espécies, e também existem animais que possuem algum outro problema de saúde que pode impedir o uso de determinados medicamentos e substâncias.

Então a dica é, notou que seu amigo não está legal? Procure um veterinário de confiança. Não pergunte a pessoas aleatórias, pois isso pode custar a vida do seu pet. E vale lembrar, o tratamento tende a ser de custo bem inferior quando realizado nos primeiros sintomas, pois com o passar do tempo as necessidades de um animal já debilitado são maiores, e consequentemente o tratamento mais prolongado. 

E você aí pode ajudar a gente nessa! Quando ver alguém pedindo auxílio em redes sociais, ou para pessoas não capacitadas para essa função (que não sejam médicos veterinários), não deixe de compartilhar o certo, alerte sobre o risco de medicar ou administrar qualquer substância (mesmo que natural), sem a orientação de um profissional. Atitudes corretas salvam a vida dos animaizinhos!!!  

Comentários