Separamos algumas dicas para você conseguir deixar a preguiça de lado e focar nas atividades importantes

Sabe aquela sensação de frustração por não conseguir desempenhar as tarefas que você precisava? Você sabe o que tem que fazer, mas vai deixando pra lá, adiando, adiando… até que você não tem mais prazo e se obriga a resolver tudo em cima da hora! Bem-vindo ao mundo da procrastinação! 

É claro que conservar energia é importante. Entretanto, isso não deve ser usado como desculpa para ficarmos estagnados e procrastinando entre atividades, que inclusive poderiam mudar as nossas vidas para melhor!

Especialistas afirmam que tendemos a procrastinar naquelas tarefas:

  • De longo prazo;
  • Que têm várias etapas para serem concluídas;
  • As estressantes ou aquelas que consideramos desinteressantes e tediosas, e que na maioria das vezes, enxergaremos os resultados somente daqui a algum tempo.

Para o educador e gestor do Supera Itajaí, uma escola de ginástica para o cérebro, Arthur Berwanger, grande parte de nossa preguiça e procrastinação está relacionada ao prazer imediato. Ele é gerado por meio da realização de algo que gostamos muito e nem sempre tem efeitos positivos. “Salvo indivíduos que apresentam a procrastinação e a preguiça por conta de patologias, todos nós já a sentimos diversas vezes, inclusive no decorrer de um único dia. Seja no trabalho ou nos estudos, caso não tenhamos prazos específicos, ou punições claras, nosso cérebro nos coloca em ciladas que a qualquer momento podem se reverter em situações bem difíceis de resolver. Afinal, você prefere ler um artigo ou as legendas de um filme do qual é fã?”, destaca Arthur.

O Canal do YouTube da PUCRS reuniu algumas dicas para você se livrar da procrastinação:

  1. Evite distrações e outros estímulos

Deixar o celular ligado ou algo que você gosta de assistir passando na TV durante tarefas importantes é uma forma de acabar se distraindo e perder o foco. Procure um lugar tranquilo, confortável, mas evite ficar na cama ou em locais que podem dar sono.

  1. Se planeje e crie um cronograma

Quando você tem um cronograma para conseguir visualizar o seu planejamento, tudo fica mais fácil. É importante intercalar o tempo entre as tarefas importantes e o seu lazer. Uma dica é aprender sobre o Método Pomodoro, que consiste em concentrar e organizar o seu tempo para cada atividade.

  1. Divida as suas obrigações em pequenas partes

Quando se tem um trabalho muito extenso para fazer é comum que pareça algo quase impossível de se concluir. Você pode pegar essa grande tarefa e dividir ela em tarefas menores. A cada etapa concluída, dê uma pausa e comemore seus atingimentos.

  1. Cuide bem de si mesmo

Nenhum trabalho é mais importante do que a sua saúde mental. Em épocas de correria, não esqueça de dormir bem, se alimentar de forma correta e praticar exercícios físicos. Você pode precisar de uma pausa durante o dia e isso é normal.

  1. Não guarde tudo para você

Compartilhar as suas angústias é uma forma de ver que nem sempre as coisas são tão ruins quanto parecem. Seus colegas podem estar passando por sentimentos parecidos com os seus e é sempre bom poder contar com o apoio da família e amigos próximos.

E lembre-se: Sair dessa cilada do cérebro não significa que em todo nosso tempo devemos estar fazendo coisas consideradas produtivas e utilitárias, em uma produção quase que robótica, muito pelo contrário! Assim que deixamos a preguiça e a procrastinação de lado, conseguimos organizar melhor o nosso tempo, para podermos, inclusive, realizar atividades e tarefas de nosso interesse, ou até mesmo, poder aproveitar um dia inteiro de descanso, sem preocupações ou auto cobranças.

Comentários