Iniciativa é patrocinada pela Lei Emergencial Aldir Blanc, por meio da Fundação Cultural e Prefeitura de Itajaí

Pensado, produzido e protagonizado por elas: Toada – Mulheres Artistas é um festival feito por mulheres e com mulheres na programação. O evento começou nesta quinta-feira (4) e segue até 13 de março com shows musicais, teatro, audiovisual, roda de conversa e cultura popular. A programação é integralmente gratuita e será transmitida pelo canal da Jardineira Produções no YouTube.

Na programação musical ainda estão shows com o Duo Eu e Ela (Porto Belo), Dandara Manoela (Florianópolis) e Adri Benvenuti (Itajaí), além do espetáculo Avessa com Ana Paula Beling (Itajaí). No sábado (6), às 16h, tem a contação da história “Antonieta”, com a atriz Carol Carvalho. Em seguida acontece a exibição de filmagem inédita do espetáculo “Luisa”, mais um bate-papo com a atriz Sandra Edith Knoll, às 20h.

Completam a programação o lançamento do videoclipe “Semente Boa”, do Coletivo Mulher Arte, de Itajaí, e uma roda de conversa sobre produção cultural feita por mulheres, com Denise da Luz e Elaine Calove, mediada por Andréa Rosa, todas renomadas na cena cultural regional. Algumas das atrações terão tradução em LIBRAS para acessibilidade e os detalhes podem ser consultados no site do festival (Clique aqui).

“Toada é um festival que procura dar vez e voz a diversas formas de representação da mulher e em diferentes linguagens. As negras, anciãs, mães, filhas, lésbicas, trabalhadoras, que têm em comum a arte como profissão, forma de expressão, resistência e sobrevivência”, ressalta Natália Pereira, idealizadora do evento. São 20 artistas, mais produtoras e assessoras unidas pelo mesmo fim: exibir a arte feita por incríveis mulheres.

O Festival Toada é uma realização da Jardineira Produções através do Edital de Festivais e Eventos On-line da Fundação Cultural e Prefeitura de Itajaí, com recursos da Lei Emergencial Aldir Blanc.

Comentários