As construções indevidas em frente aos Molhes do Atalaia continuam e deixam moradores de Itajaí indignados com a situação. De acordo com informações do presidente da Associação de Surf Praias de Itajaí (Aspi), José Alberto luz, o Beto Mão na Borda, durante o fim de semana do feriado, pessoas foram vistas serrando madeira e trabalhando na obra. Com a falta de fiscalização, mais um barraco está sendo instalado no local.

Ainda no fim de semana, o Instituto Itajaí Sustentável (Famai) foi acionado e feita uma nova denúncia.

Na última semana, nossa equipe já havia recebido denúncias sobre essa situação. Segundo o presidente da Aspi, existe uma indignação com o que está se formando dentro de uma área privada, a qual é regulamentada pelo poligonal do Porto.

Uma ação de reintegração de posse tramita na Justiça Federal de Itajaí. Nessa ação, a Superintendência do Porto, que é responsável pela gestão da área, juntamente com a União, solicita a retomada das áreas em questão. Conforme o responsável pelo departamento jurídico da superintendência, já foram realizadas as audiências, bem como produzidas as provas, e o processo se encontra em vias de julgamento. O Porto aguarda a manifestação do judiciário.

Também já foram realizados boletins de ocorrência em relação às construções.

Entenda mais sobre o caso acessando a matéria anterior

Comentários