Novas medidas restritivas devem ser adotadas pelos municípios da região

Após várias reuniões nos últimos dias, os prefeitos do Médio Vale do Itajaí decidiram pela adoção de novas medidas restritivas para o enfrentamento do novo coronavírus. A decisão foi embasada na análise da situação epidemiológica atual da região, em que se observa variação do avanço da doença, principalmente nas dimensões de isolamento social, investigação, testagem, isolamento de casos e ampliação de leitos.

Principais Restrições

  1. O documento sugere a suspensão da circulação de veículos de fretamento para transporte de pessoas, exceto nos casos expressamente autorizados pelo órgão responsável.
  2. Sugere ainda a suspensão do funcionamento de academias, clubes sociais e afins, da realização de missas e cultos em igrejas ou templos e restrições para os serviços públicos não essenciais.
  3. O comércio de rua poderá funcionar de segunda à sexta, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h, seguindo todas as regras sanitárias.
  4. As conveniências de postos de combustíveis e estabelecimentos comerciais em geral deverão encerrar as atividades às 23h.
  5. As conveniências localizadas dentro de postos de combustíveis 24h poderão permanecer abertas apenas para pagamento de produtos, ficando vedado o consumo e a permanência no local.

Por prazo indeterminado, fica proibida:

  1. A aglomeração de pessoas em qualquer ambiente;
  2. A realização de festas em residência com pessoas que não as moradoras do domicílio;
  3. A permanência de pessoas e as práticas esportivas e culturais coletivas, amadoras ou profissionais, em espaços privados ou públicos; o consumo de bebidas alcoólicas no interior e arredores das lojas de conveniências situadas nos postos de combustíveis;
  4. As atividades em cinemas, teatros, museus e casas noturnas; e a realização de eventos, shows e espetáculos que acarretam reunião de público.
  5. Além disso, o documento indica a obrigatoriedade de isolamento social de toda pessoa sintomática ou assintomática que se encontre em investigação ou tenha confirmada a contaminação pelo novo coronavírus.
  6. Os velórios deverão ter duração máxima de seis horas, limitando-se a permanecer apenas 10 pessoas por vez na área interna da casa mortuária, mediante o uso de máscara. 
  7. Dentre as medidas de restrição sugeridas, estão ainda a limitação de entrada em 30% da capacidade de público nos estabelecimentos que comercializam gêneros alimentícios;
  8. Funcionamento de segunda a sexta-feira, até as 19h, de lanchonetes, cafeterias, padarias, confeitarias, bares, tabacarias, adegas e similares, após este horário e finais de semana somente delivery ou entrega no balcão.
  9. Restaurantes deverão funcionar de segunda a sexta-feira até as 20h e, após este horário e durante o final de semana, deverão funcionar apenas por entrega delivery ou balcão.
  10. O documento traz ainda outras medidas que devem ser adotadas nos municípios voltadas ao distanciamento social, trabalhadores idosos ou grupo de risco, refeitórios de empresas e fiscalização do cumprimento das ações.
  11. O documento recomenda também suspensão, até 7 de setembro, das aulas presenciais nas unidades das redes pública e privada de ensino, municipal, estadual e federal, relacionadas à educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de jovens e adultos, ensino técnico e ensino superior.

Segundo o presidente da Ammvi, a qualquer tempo novas restrições poderão ser tomadas e os dados da região estão em constante monitoramento e avaliação

Comentários