Já imaginou viver em um mundo onde as ruas, parques e praias fossem limpos? Sem nenhum papel ou latinha jogada no chão? Isso seria incrível! Mas saiba que isso é possível sim, basta cada um fazer a sua parte, não poluindo o meio ambiente.

E pensando por essa perspectiva, o Instituto Itajaí sustentável (INIS) lançou no sábado, dia 4, a campanha “Cuide do Seu Quadrado”, com o objetivo de incentivar os moradores a olharem com atenção ao seu entorno, principalmente sua casa, quintal ou até mesmo calçadas, a fim de que seja feita a limpeza de terrenos particulares e dar a destinação correta a todos os resíduos recolhidos.

 O INIS desenvolve anualmente mutirões de limpeza em praias e espaços públicos, porém neste ano, devido a pandemia do novo Coronavírus, orienta-se que a ação será realizada pelo morado ou seu familiares, sem a presença de outras pessoas na residência, a fim de evitar aglomerações. Ainda, destaca-se que devido ao decreto nº 11.926/2020, em vigor desde o dia 21, está proibido o acesso, trânsito e permanência de pessoas em espaços públicos.

Durante a ação de limpeza, o Instituto recomenda que sejam recolhidos e eliminados todos os recipientes que possam acumular água, como embalagens plásticas, garrafas de vidro ou pneus. Além de colaborar com a preservação do meio ambiente, tal iniciativa evita a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que é o vetor de diversas doenças, como dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Caso o cidadão precise deixar sua casa para ir ao trabalho ou fazer compras, por exemplo, o lixo encontrado pelo chão também não deve ser ignorado, mas recolhido na lixeira mais próxima que encontrar. Tornar um hábito essas atitudes faz toda a diferença – não apenas diante da atual iniciativa.

A campanha “Cuide do Seu Quadrado” foi inspirada na ação do Instituto Limpa Brasil, que mobiliza líderes e voluntários para realização de mutirões de limpeza por todo o Brasil e incentiva a população a realizar ações de limpeza e sustentabilidade dentro de casa, em sua rua, bairro ou local de trabalho.

*Com informações da Prefeitura de Itajaí

Comentários