Dei uma pausa na nossa série sobre como organizar seus dados e informações digitais para falar de um assunto muito importante no momento: o Coronavírus. Tenho alguns textos da nossa série no forno e logo, logo eles estarão aí.

A maior preocupação agora é com a nossa saúde, a saúde da nossa família e das pessoas que  gostamos. Não podemos esperar para que nossos políticos e gerentes de estado tomem essa preocupação, nós como população precisamos acordar para realidade e ver o quão importante deve ser a prevenção e evitar o máximo possível a disseminação.

Para isso, muitas empresas estão diminuindo a carga de trabalho presencial e possibilitando o trabalho remoto de seus funcionários, como uma forma de ajudar na prevenção do contágio e na disseminação do vírus. Essa mudança da rotina, da forma e do ambiente de trabalho pode ser um pouco complicada para alguns. Além disso, se a empresa não tem essa cultura do trabalho remoto, pode ser ainda mais complicado.

Nesse post, quero trazer algumas dicas e falar um pouco sobre minha rotina de trabalho. Atualmente, sou desenvolvedor back-end (desenvolvo softwares que rodam em nuvens, servidores, etc) em uma empresa que atua nacionalmente e uma das metodologias dela é o trabalho remoto. Portanto, esse post é para trazer algumas dicas com base na minha rotina de trabalho remoto e o que eu faço para deixá-la produtiva e menos massante.

1- Mantenha a rotina, como se fosse sair de casa para o trabalho.

Isso foi algo que fiz desde o início. Eu levanto bem cedo, me visto como se eu fosse me deslocar ao trabalho, coloco algum tênis e até dou um tapa no cabelo. Preparo meu café enquanto assisto o noticiário. Feito isso, ao invés de sair pela porta do apartamento eu vou para minha mesa de trabalho.

2 – Deixe o ambiente organizado.

Na empresa, tu não deixa a mesa bagunçada, deixa? Então, da mesma forma que tu mantém o ambiente limpo e organizado na empresa, tu deve fazer isso em casa, afinal, tua casa é teu local de trabalho agora. Claro, que pode haver aquela correria uma vez ou outra, mas ao menos tente manter organizado o local que tu senta para trabalhar.

3 – Crie um cronograma de atividades e tarefas que precisam ser resolvidas.

No trabalho remoto, fica difícil para a empresa controlar a quantidade de horas de trabalho do funcionário. Desse modo, eu trabalho com base em tasks (tarefas em inglês), que são as atividades que preciso fazer durante o dia. Dependendo do projeto em que estou trabalhando, existe um quadro virtual onde toda a equipe, em um dia específico da semana, se reúne  e escreve um lote de tasks para duas semanas.

4 – Trabalho é trabalho! Afazeres domésticos e lazer são outras coisas!

Quando estou trabalhando eu evito o máximo fazer outras coisas que não são relacionadas ao trabalho. Isso me ajuda a manter o foco e a concentração nas minhas tarefas.

5 – Faça um intervalo! (Não esqueça =D )

Eu digo isso, mas muitas vezes eu até esqueço de fazer algum intervalo. Mas, esse item é muito importante. No meu contexto, eu trabalho horas seguidas sentado e em frente ao computador. Desse modo, quando eu faço uma pausa eu caminho um pouco pelo apartamento e olho pela janela em pontos mais longe para descansar meus olhos.

Esses são alguns dos itens que eu procuro seguir para ser produtivo no trabalho e ao mesmo tempo manter minha saúde. Nesse período de isolamento, a saúde de todos é muito importante e para isso mantenha o cuidado. 

Se durante esse período de trabalho remoto tu estiver com alguma dificuldade, tente conversar com seus colegas, com seu chefe sobre isso, ou com alguma pessoa que consiga te ajudar. O diálogo é fundamental pois, como não estamos presente e muitas vezes falando por mensagem, a pessoa no outro lado não consegue perceber se existe alguma dificuldade.

Nesse momento, a tecnologia deve não apenas conectar, mas, também aproximar quem não está perto. 🙂 

Comentários